E SE TIVESSES UMA COMPANHEIRA BIPOLAR?

Compártelo:


Sinopsis

Após múltiplos relacionamentos frustrados, Diogo sonhava com o dia em que iria encontrar o grande amor da sua vida.
Esse dia chegou quando conheceu Heloísa, uma jovem e linda mulher, esbelta, sorridente, melancólica e triste no olhar.
Ao longo de um ano de vivência em comum, Diogo observa que Heloísa manifesta comportamentos fortemente depressivos alternados com fases de grande euforia.
Ideias megalómanas, alucinações, delírios, compras supérfluas, discursos incoerentes e contraditórios, insensibilidade, frieza, egocentrismo, que contrastavam com dias enfiada no leito, desinteresse pela alimentação, pelo trabalho e pela higiene.

Detalles del Libro


ISBN/13: 9789897367892

Num. Páginas: 54

Tamaño: 150 X 220 mm

Año de publicación: 2017

Editorial: Edições Vieira da Silva

Categoría: FICCIÓN MODERNA Y CONTEMPORÁNEA

Nelson de Brito (Autor)

Nelson Jorge Rodrigues de Brito nasceu na freguesia de Massarelos ? Porto, onde cresceu e vive.
É licenciado em Medicina e Cirurgia pela Faculdade de Medicina do Porto e especialista em ginecologia e obstetrícia, cirurgião obstetra e ginecológico.
Pós-graduações em clínica geral, ecografia obstétrica, ginecológica, colposcopia, procriação medicamente assistida, e medicina legal.
Segundo ano de Direito da Universidade Lusíada do Porto.
Fez o Curso Geral dos Liceus no Externato D. Duarte (letras e ciências) e o curso complementar no Grande Colégio Universal (letras e ciências).
Aos 18 anos interrompeu a carreira académica alistando-se como voluntário na Força Aérea Portuguesa onde cumpriu três anos de serviço.
Fez admissão ao ensino secundário e deu entrada no técnico profissional na Escola de Oliveira Martins.
Durante dois anos frequentou a instrução primária em escola pública e dois em privada.
Menino do coro na Igreja da Lapa, na cidade do Porto, teve como mentor o Padre Luís Rodrigues, de quem absorveu o carácter, educação, verdade, sentido de justiça, o respeito pelo próximo, pelos desfavorecidos e a insubmissão.
Como jovem vivenciou situações de terror, desumanidades inerentes à própria guerra, mas também a paz, calma e a meditação que a selva, o planalto, os horizontes de perder de vista africanos proporcionam.
Evitando as mazelas psicológicas da guerra, as saudades, a ausência da família, procurou o equilíbrio na continuidade dos estudos, na leitura, escrita, poesia e artes plásticas.
Tem publicado múltiplos artigos de opinião, poemas e participado em exposições de artes plásticas (acrílicos sobre tela).
Como médico exerceu no Hospital de Chaves, Centro de Saúde de Lousada, Hospital dos Marmeleiros (Funchal-Madeira), Hospital Cruz de Carvalho (Funchal ? Madeira), Hospital Geral de Santo António (Porto).
Foi professor do ensino secundário no Liceu Fernão Magalhães (Chaves) e Perito Médico-Legal no Tribunal da Comarca de Chaves.
Actualmente exerce medicina no sector privado.
Publica no Blog Medicina e Justiça.
É demasiado novo para ?assuntos? velhos, e muito ?velho? para ?coisas? novas.

Menciones en prensa y otros enlaces:

No existen menciones para este libro


EBOOKS: