Infância Marginalizada e Delinquente na 1.ª República (1910-1926)

Compártelo:


Sinopsis

O objeto do livro está integrado no âmbito da História Social da Infância, História da Educação Social e/ou na História à Assistência à Infância na 1.ª República, com o conteúdo sobre a criança/infância e juventude em situação de ‘dificuldades’, ‘conflito social’ ou em desviação social, de carências (mendicidade, pobreza) e problemáticas familiares (abandono, desamparo, em perigo moral), comportamentos antissociais (indisciplinados, inadaptados, marginalizados) ou delitivos (infratores, delinquentes). Para colmatar essas situações de irregularidade e anormalidade social e educativa estabeleceu-se mecanismos de mitigação, assistência e reeducação (políticas sociais e educativas, modelos institucionais, teorias e práticas de correção e regeneração, medidas de proteção e prevenção) como respostas sociais a essas problemáticas da infância, com o intuito de controlo e defesa social.
A argumentação histórico-descritiva, documental e hermenêutica sobre as fontes e arquivos documentais manuseados pretende ser útil aos estudiosos da historiografia da infância, aos investigadores da educação social, aos educadores e profissionais da educação como conhecimento dos dispositivos (jurídico-penal, jurídico-social, assistencial, modelos institucionais de reeducação) reguladores das diversas infâncias submetidas a esse controlo por parte da sociedade na época republicana.

Detalles del Libro


ISBN/13: 9789897031274

Num. Páginas: 416

Tamaño: 160 X 230 mm

Año de publicación: 2017

Editorial: Terra Ocre, Lda / Palimage

Categoría: Historia de la educación

Ernesto Candeias Martins (Autor)

Menciones en prensa y otros enlaces:

No existen menciones para este libro


EBOOKS:

No tiene links de compra de Ebook